sexta-feira, setembro 01, 2006

A PONTA DO VÉU III

Estudávamos muitas vezes todos na sala
Rapazes e raparigas da residência
Ajudávamo-nos mutuamente
Uns eram melhor numas matérias que outros
E explicavam a quem não percebia
Os dos anos superiores
Explicavam aos dos anos inferiores
E eu comecei a estudar com eles
Não era uma pessoa
Era quem estivesse disponível
Mas de repente essa pessoa
Era sempre o mesmo rapaz
Sempre preocupado
Sempre pronto a ajudar
Sempre presente
Quando eu precisava.
Conversávamos muito
Sobre nada, sobre tudo
Sobre mim, sobre ele
Sobre as nossas famílias
Algumas situações semelhantes
Alguns sentimentos comuns
Às vezes eramos os últimos a sair da sala
Porque era depois de todos saírem
Que nós falávamos
O companheiro de quarto dele
O rapaz do Norte
Proporcionava-nos momentos a sós
Levava o pessoal da sala
Arranjava desculpas
Fazer um intervalo
Fazer pipocas
Um lanchinho à meia-noite
Ver um pouco de televisão
E nós íamos conversando
As notas melhoraram
E a minha disposição também
Um dia ficámos até muito tarde
Talvez 3 da manhã
Eu ia ter teste
Estava com muitas dúvidas
E nervosa
À despedida
Um beijo roubado à porta
Que me deixou a pensar
Não queria ir por aquele caminho
Fiquei assustada
Não fazia parte dos meus planos
Só estudar fazia...
Afastei-me um pouco
Não disse nada a ninguém
E tentei isolar-me novamente
Mas ele não deixou
Procurava-me, insistiu
Falámos, nunca fui tão clara no que pretendia
Namorar não era importante
Eu queria estudar
Era esse o meu objectivo
Continuávamos amigos
Se gostava dele?
Não o sabia, estava baralhada
Decidi dar tempo ao tempo
Deixar andar
Ele sempre presente
Eu a tentar afastar-me
E cada vez a precisar mais da sua companhia
Dos seus mimos, do seu carinho
Não disse nada a ninguém
O rapaz do Norte, seu colega de quarto
E a minha colega de quarto no último ano
Eram os maiores incentivadores da nossa relação
Que aos poucos foi crescendo e solidificando
Passou por altos e baixos
Como todas as relações
Esteve prestes a acabar
Quando a distância nos separou.
Ele acabou o curso
E voltou para Macau
Eu fiquei
Faltava-me um ano
E Macau não estava nos meus planos...
Foi em Outubro de 1993.
A despedida no aeroporto
Doeu mais do que tinha pensado
Não chorei, não costumo chorar
Ensinaram-me a aguentar
A ser forte
À noite no banho chorei muito
Emagreci, andava triste
A minha família
Completamente contra eu namorar
Não sabia da sua existência
Não percebia porque estava triste
Um ano sem o ver
Um ano a escrever cartas
A telefonar uma vez por semana
As chamadas eram muito caras
O tempo ao telefone pouco
A saudade muita
Não havia internet
Estudava muito
Para acabar depressa
Boas notas
O último exame foi em Setembro
Um dia antes dele chegar
O reencontro no aeroporto
Senti-me tão feliz
Completa!
Fomos de férias duas semanas
De carro pela Europa
Sem destino
Espanha, França, Suiça
Para a minha família
Fui com uma amiga
O regresso doeu
Pensar que ele ia partir doía
Voltei a andar triste
Eu escolhi ficar
Até quando?
Não sabia!
Mais uma despedida
Mais um “até para o ano”
Mais cartas
Mais telefonemas
Mais saudades...
Eu acabei o curso
Em Novembro de 1994
O Algarve foi o meu destino
Estágio numa empresa em Faro
Morei em Faro, depois Quarteira
A saudade sempre presente
Janeiro de 1995: fim de estágio
Oferta de emprego
As condições não eram as melhores
Eu não estava feliz
A família continuava sem saber
E não percebia porque não estava feliz
A meio de Fevereiro
Relatório do estágio entregue
Senti-me perdida
Falei com Ele ao telefone
Mais tempo que nos outros dias
E ele a pagar...
Decidi partir
Daí a 3 dias
Destino: Macau!

PS1: Agora já sabem como vim cá parar. Acabou o suspense. Mas para a semana há mais.
PS2: O outro José é uma doce lembrança que nunca mais vi, fomos muito amigos, mesmo muito especiais até ao fim do curso e ele tinha uma namorada diferente todas as semanas ;)

52 comentários:

Grilinha disse...

Eu fazia parte do grupinho das curiosas...que estava mesmo roidinha para saber como tinhas ido aí parar, confesso.....A vossa história é linda....quando leio algo que me emociona fico com pele de galinha...é como estou agora e digo-te que formam um casal lindo e têm dois filhos fantásticos. Fico muito feliz por vocês !!! Continuem sempre assim amigos e apaixonados.

Grilinha disse...

Upss...não saíu...beijinhos

Gina disse...

Uma história linda!!! Abençoada!
Ainda bem que assim é e espero que o seja para sempre! :)

Beijos grandes

Marta disse...

Que história de amor linda!!!
Continuem a ser muito felizes!!

E um beijinho de parabéns atrasado.

Sandra disse...

Existem poucas histórias de amor como estas!

Esta deve ser muito bonita de contar aos netos!...

...E também fiquei com pele de galinha...

E na minha modesta opinião, valeu bem a pena e aposto que farias tudo de novo.

Beijinhos,

Sandra

Piquinota disse...

Que história bonita, e corajosa!!!:) Foi preciso coragem para partires!:)
Admiro-te!!!!

Jinhos

Rita moreira disse...

q linda história!
adorei e continuo a espera de mais...

beijinhos

Tixa disse...

Deixaste-me com uma lágrima no olho, pelo amor, pela força, por tudo, uma história de amor digna de um romance. Obrigada pela partilha.
Já me tinha questionado como tinhas ido aí parar, agora já sei.
Bjs enormes

bolacha disse...

Que linda historia de amor :)
Confesso que tb fiquei emocionada :)
Fico a espera de ler o resto :)

Beijokas

bolacha disse...

Que linda historia de amor :)
Confesso que tb fiquei emocionada :)
Fico a espera de ler o resto :)

Beijokas

carla disse...

Que linda história e que corajosa que foste!!!

Beijocas

mamã Xana disse...

Que linda história de amor.
Espero que sejam felizes para sempre como nos contos de fadas!
Bjs!

Mel disse...

Adorei!
Sandra, mais uma vez obrigada por partilhares estes momentos especiais connosco.
Beijocas grandes e bom fim-de-semana

mãe gabi disse...

Gostei muito obrigado por partilhares este momento inesquecivel!

Adriana disse...

Parabéns pela tua história. Muito bonita mesmo.
Tudo d bom, ah e parabéns atrasados :)
Beijocas

Isabel (akombi) disse...

que história linda, torna-se muito bom ler pela maneira como escreves.

que vida cheia de aventuras, ademiro pessoas assim, eu sou o oposto.

jinhos

keridalindinha disse...

Já tinha cá vindo algumas vezes, mas agora não resisti a comentar. A vossa história é simplesmente linda, comovente, verdadeira....
Parabéns que se conserve assim para sempre.
~Beijinhos.

Ana Paula disse...

Que história, digna de ser registada em livro! É mesmo muito emocionante!
E tem dois filhos lindos para a coroar!
Jinhos

Nina disse...

Que história linda! Comovente!
Apercebi-me logo no primeiro post que esse chinês de que falavas era o teu marido:)
Sou mt perspicaz!lol
Muitos beijinhos, querida

dixubo disse...

Agora que leio o teu post mais do que nunca vejo a capacidade que temos quando amamos alguém. Lembrou-me um texto que li uma vez e cujo final era o seguinte:

"E aprendes que realmente podes suportar… que realmente és forte. E que podes ir muito mais longe depois de pensares que não podes mais. E que realmente a nossa vida tem valor e que tu tens valor diante da vida! As nossas dúvidas são traidoras e fazem-nos perder o bem que poderíamos conquistar, se não fosse o medo de tentar.”

Tu tentaste, arriscaste e não te deixaste morrer lentamente de braços cruzados. Arriscaste e foste até ao outro lado do mundo ter com alguém que gostava mesmo de ti. Sem medos.
E como valeu a pena! :))

Como eu gostava de ter a mesma coragem!....

beijinhos

Carina disse...

Uma história linda de amor :)

Miduxe disse...

Abençoado "beijo roubado à porta"...
Uma história inesquecível!
Só fiquei curiosa de saber onde nasceste...
bjs

Ludy disse...

Que linda historia de amor! Adoro finais felizes!
Obrigada por partilhares connosco!
bjinhos e bom fim de semana

Tânia disse...

Lindo!

reborn disse...

Ainda bem que a tua aposta valeu a pena dado que teve um final feliz :))
Muitos beijinhos e bom fim de semana !*********************

Alexandra disse...

Andava para aqui eu cheia de curiosidade para saber como acabava a história... Apesar de já imaginar o desfecho, só não sabia como tinhas ido aí parar.
O q interessa é q o Amor venceu e q vocês hoje são felizes! E q grande história de Amor para um dia contares aos teus filhos qd eles forem mais crescidos!
Gostei muito!
Beijinhos e bom fim de semana
Alexandra

bri disse...

Adorei o teu cantinho.
Se eu te disser que tenho uma foto do meu filho quando nasceu que é quase igual à do Daniel acreditas?! Parecia que estava a ver o meu filho no blog doutra mamã! Impressionante!
Virei visitar-te mais vezes, pode ser?

Parabéns pela coragem!

P.S. Também te formaste em Educação?!

mãe tataruga disse...

Muito linda a tua historia de amor.
Já te disse que adorei conhecer-te pessoalmente????
Beijinhos para os 4

veliam disse...

O que é que não se faz por amor? Vale (quase) tudo.

Bjs

sorrisos da minha alma disse...

Obrigado por tao bela partilha, fiquei com olhos brilhando. Que história de amor mais linda.

Beijos
E que esse amor vença sempre

Páginas escondidas disse...

Que linda história de amor...
Mais uma prova que no amor consegue-se esperar!!
Adorei... obrigada Sandra

helena disse...

Que delícia esse vosso namoro em segredo.
E fizeste aninhos, não sabia.
Muitas mas mesmo muitas beijocas de parabéns

PaulaB disse...

Que Linda história de Amor!

Jinhos

Manela disse...

A tua história é linda, é a verdadeira história de amor.

PS. Parabéns atrasados mas do fundo do coração.
Bjs grandes

Cláu disse...

É mesmo uma bonita historia de amor.
Jokas

mamã pintainha disse...

Oi miga estou de volta e já tinha saudades de voces todas da blogosfera :)

PARABENS ATRASADOS :)

Bijukas pa todos

Carla Iglesias disse...

Olá Sandra,
Que bonito! Adorei ler. Vê-se que aconteceu tudo de uma forma tão natural e tão única..adorei..
Olha amiga, desculpa mas aqui vão os PARABÈNS atrasados. A minha vida está complicada desde a chegada da Diana, e ainda não me consegui organizar em tempo para fazer tudo que quero e principalmente fazer coisas que gosto.Neste momento o tempo é todo para elas.
Desejo-te tudo o que desejo para mim! Desejo que sejas sempre feliz ao lado desse grande amor da tua vida e dos teus dois rebentos lindos e que tenham sempre muita saúde..que é o mais importante nesta vida...

Beijos, daqui do outro lado do mundo :-)

soldeinverno disse...

que lindo... de forma tão natural, tão bonito... tenho a certeza que tomaste a melhor decisão, mesmo com saudades daqui, o importante é estar junto de quem se ama... um beijo

DIANA - MÃE DA MARIA disse...

Que bela história!!
Parabéns bjinhos

mulher elástica disse...

Mais uma história linda, desta vez sobre dois amigos que se tornaram num só, mais uma vez as tuas palavras fazem-me entrar dentro do teu universo.
Mais uma vez agradeço por poder partilhar esta tua história.
OBRIGADA.
Beijos incríveis

Nosso Mais Que Tudo disse...

K linda historia de amor...
Tb eu namorei a distancia, por isso vim ca parar...
Sei dar valor... e parece k nao, mas se a relaçao sobreviver, cm é o caso das nossas, ainda se torna mais forte...

Jinhos e optimo fim de semana

Vera e Diogo disse...

Em primeiro lugar os meus sinceros parabéns!!!!Espero que tenha sido um dia à maneira com os teus pikenos e grande :)
Isso e k foi coragem para partir para um mundo totalmente diferente do nosso.
Beijokas

Patrícia Lopes disse...

Lindo!Lindo!Lindo!Estoua dar uma salva de palmas a esta história,este conto romântico!Amiga parabéns,primeiro pela grande prova que nos estás a dar,que relamente o amor verdadeiro existe,lutaste até ao fim e não desististe...O amor falou mais alto e além do mais não descuraste os estudos!Achei o máximo!Parabéns,vocês foram feitos um para o outro e a prova disso é o casalinho de rebentos que vos une e fortalece a cada dia que passa o vosso amor!Faço votos que sejam felizes até ao final dos vossos dias!
beijokinhas gandes!
Ps:Tenho uma tia que esteve muitos anos em Macau,em trabalho, e adorou,contou-me maravilhas desse local!Ainda sei alguma coisita sobre Macau!:)

Melody disse...

Ó miga, realmente as nossas historias são mesmo parecidas.Até os 3 dias :0)
A diferença está que foste para mais longe e eu vim viver para a casa da sogra :0( É por pouco tempo :0)
Bjs

rute28 disse...

AMIGA o amor leva-nos para muito longe porque se estivermos perto não temos amor o nosso amor o conceito de perto e longe é muito relativo.Se estás feliz(parece-me que sim)isso é que importa, perto ou longe.Parabens pela linda historia de amor!!!!bjs

Anokax disse...

O amor é lindo, a tua historia dava um filme ou um livro :)
Muitas Bjokax

carla m. disse...

Adorei a tua historia! Linda mesmo.
Beijos

docinho disse...

Ai estas histórias de amor!!!!
Como eu gosto!

Ah... Parabéns atrasados... decsulpa mas andei meio ausente...

Beijinhos românticos

Luz de Estrelas disse...

ai ai ai...sorrisinho parvo estampado na minha cara. O amor comove-me.

Amélia disse...

Consigo ver-te! Ora feliz, ora triste. E consigo vê-lo a ele! Deves ter passado dias difíceis naquele ano...
As tuas palavras de namoro são universais. Adorei reviver.
Beijinhos.

Vânia disse...

Olá!

Tomei conhecimento do 'blog' através de uma pessoa que por sinal lhe é bastante próxima. Gostaria desde já de a felicitar pela bravura e amor com que 'agarra' a vida! De facto, a distância é algo difícil de gerir e suportar, mas quando existe esperança e amor não há nada que nos demova desse sentimento hoje-em-dia tão raro, mas sempre tão belo!
Muitas felicidades e parabéns pelo 'blog'!

Sílvia disse...

Olá mana!! Adorei o teu 'blog'. Está muito lindo! Olha podes dizer-me onde está aquele texto que escreveste sobre mim? Já não sei onde é que está =/ Então como é que estão o meu sobrinho e a minha afilhada? Estão bons? Tenho muitas saudades vossas... Vou mandar-te as fitas para me escreveres; mando uma para cada um. A Eliana pode pintar ou o que quiser.

Muitos Beijinhos =) ***