terça-feira, agosto 29, 2006

A PONTA DO VÉU I

Em Janeiro de 1990
Depois de muitos meses de greves de professores
Entrei na Universidade
Fui para a “cidade grande”
A menina do campo ia para a cidade
Já lá tinha ido “meia-dúzia” de vezes
Sempre para tratar de algo
Ou em passeios da escola
No início senti-me deslocada
Sentia falta da calma que tinha
E ao mesmo tempo gostava desta nova liberdade
Durante um mês
Ia e vinha todos os dias
Depois comecei a achar que perdia muito tempo
E ficava cansada
Sem paciência e energia para estudar
Concorri a uma bolsa de estudo
E para a residência universitária
Não foi fácil, mas tive alojamento
Picoas, Rua Gonçalves Crespo
A rua dos “travestis”
Um 3º andar antigo
Só com escadas e sem elevador
Um apartamento com 16 raparigas
Um quarto com dois beliches
4 raparigas num quarto
1 portuguesa e 2 espanholas
As minhas primeiras companheiras de quarto
No andar de baixo tudo idêntico
Para rapazes
No primeiro dia que lá fiquei
Como era da tradição
Fui praxada
Rapazes e raparigas
A praxe era “amigável”
Acho que cantei qualquer coisa
Em cima da mesa da sala
E eles gravaram
E fizeram-me muitas perguntas
Sobre mim
De onde era, o que estudava
Se tinha namorado
Lembro-me da “mãe” da residência
Uma colega do meu instituto
Assim tratada por ser a mais velha
E por ajudar a todas
E ser muito carinhosa
Lembro-me daquela que viria a ser
A minha melhor amiga
E companheira de quarto
No meu último ano
Lembro-me de um rapaz bem constituído
Alto e com uma voz forte
Voz do Norte
Lembro-me do seu colega de quarto
Um rapaz chinês
Lembro-me que estavam mais pessoas
Mas já não me lembro quais
Lembro-me de me sentir intimidada
E não gostar de tanta gente à minha volta
Nos primeiros tempos de residência
Passava lá pouco tempo
A turma do primeiro ano era muito unida
Eramos todos caloiros
Formaram-se alguns grupos
Fiquei muito amiga de um rapaz
Fomos praxados juntos
De joelhos no campo de futebol da universidade
Jurámos qualquer coisa que não recordo
Fomos de mão dada à farmácia
Comprar preservativos
Fazia parte da praxe...
Que vergonha sentimos
E que mais tarde recordámos
E nos rimos imenso da situação
Chamava-se José
Tal como o pai
O que gerou alguns mal entendidos
Quando lhe telefonava...
Foi com ele que fui assistir
Ao meu primeiro (e único) Rally de Portugal
Com ele e outros colegas
Mas só ele era importante
Eramos muito amigos
Lembro-me de ficar com as calças laranja
Daquela terra que há no Jamor
E das queijadas de Sintra
Única coisa que por lá vendiam
E nós cheios de fome
Lembro-me de me consultar
De me pedir conselhos
Quando começou a namorar
Uma bela morena
E de todos me perguntarem se estava bem
Eu estava bem
Eramos amigos
Amigos com um sentimento especial
Mas que sabíamos que ficaria sempre assim
Eu queria estudar
Ele queria “curtir a vida”


PS1: Amanhã continua que isto já vai longo, são 3 partes, portanto 3 dias

PS2: Estou com um problema e não consigo comentar ninguém em casa e, como é óbvio, no trabalho até consigo mas não tenho tempo para vos visitar a todas.Desculpem a minha ausência.

33 comentários:

Rute disse...

Parece-me a tua história de amor... será?

Beijocas,
Rute e André

Rita moreira disse...

essas recordações são um espectáculo!!

Ludy disse...

Estou curiosa pela segunda parte :) O que virá a seguir?
Bjinhos

carla m. disse...

Caramba, mas agora fico aqui á espera da proxima parte??? Não é justo!!!
Beijos

Miduxe disse...

é o marido, é o marido,é o marido!!!!
Eh!eh!eh!
Adoro estas historias,que fazem parte da nossa vida...
bjs

Carla Isabel disse...

...recordar é viver!!

Bjs

Carla

docinho disse...

Agora fico aqui curiosa... ai!!!

Beijinhos doces

PS deixaste cá a boneca??? Oh!!!! Mas brinquedos não devem faltar ; ))) por aí!

x disse...

ADORO histórias de amor :) E se forem verdadeiras, ainda melhor. E se meterem algumas dificuldades iniciais, ainda mais interessantes! ;)

Estamos todas de olhos no palco, à espera das cenas seguintes! :)

mãe tataruga disse...

Agurado ansiosamente os proximos capitulos.
Beijinhos

Anna72 disse...

Já sei onde esta história vai acabar mas fico à espera do resto :D

Beijocas

Isabel (akombi) disse...

QUE RICA VIDA A DE ESTUDANTE!

QUANTO AO POST EM BAIXO, ATÉ PAREÇE QUE FOI ESCRITO POR MIM, COMPREENDO TODAS AS PALAVRAS.

NO MEU CASO ESTOU A AMENTAR Á 6 ANOS, 3 ANOS DA VERONICA E A PATRIÇIA DE 3 ANOS TB AINDA MAMA.

APESAR DE SER UMA SENSAÇÃO ÚNICA SENTIR UM FILHO ANINHADO NO COLO, É MUITO CANSATIVO E TB SINTO MUITA DESCRIMINAÇÃO.

JINHOS

fernanda dias disse...

Estás desculpada! Fico ansiosa pelo resto. Beijão! Agora vou ler para trás...

Ana Paula disse...

Bonita históia, que nos traz igualmente boas recordações! Fico à espera dos próximos capitulos.
beijinhos

Nosso Mais Que Tudo disse...

Sera um final feliz?
;)

Olha, vim dizer-te k mudei o url para http://noxobaby.blogspot.com!

Jinhos

bolacha disse...

Oi.
conheces.te ca o teu marido?

Beijokas

NaRiZiNHo disse...

Belos tempos não é Sandrinha?
Ai, ai que nostalgia!!!!
Sim, já estou mais calmita :P, incha, desincha e passa ;) :-*

Mãezana disse...

cheira-me a romance...

Beijinhos

teresa disse...

Hummmmm... fiquei curiosa! Estou a gostar!
Tenho saudades desses tempos!
Mil beijinhos,
Teresa

Piquinota disse...

Ora bem... venha a 2ª parte!:)

Se me puser a recordar esses tempos, desato a chorar!:(


Jinhos

Luísa disse...

Aqui fico a aguardar as cenas dos próximos capítulos :D
bjs

Gabriela disse...

Entrámos no mesmo ano na Universidade. Devíamos ter entrado em Setembro de 1989, mas devido aos problemas com a PGA e às greves dos docentes, o ano lectivo só iniciou em Janeiro.
Não disseste em que cidade estiveste a estudar. Eu estive em Coimbra.
São momentos que ficam para sempre, alguns melhores, outros piores, porém únicos.
Tb fiz lá bons amigos.
Já tinha namorado qd entrei, que hoje é o meu maridão, por isso é que nem tudo foi bom para mim, pq ele estava longe.
Fico à espera das partes que restam!
Beijocas
Gabriela

Tânia disse...

Aguardo o resto da história... Há sempre uma assim...

Cláu disse...

Agora fico a espera do resto.
Jokinhas

Grilinha disse...

Eh lá...isto promete !!!!

Fico à espera....~

Beijos

cris disse...

Agora fiquei curiosa com o desenrolar da história!!
Beijocas

Teresa disse...

obrigado!!! :o))) Os avisos continuam!! Pois o meu grande amor começou como um amigo muito especial...
Beijinhos

Cláudia disse...

Ehehehm que engraçado!
Vou esperar pelos proximos capitulos :)
Está quase a chegar 5feira ;)
Beijinho

Melody disse...

Claro que já percebemos no que deu essa amizade!!! Em 2 bebé lindos hihihi
Bjs

mama vera disse...

Inevitável fofinha...
A faculdade.. as aventuras ... as histórias... aquelas historias que jamais se esqueçem!!! Haaaa que saudades!!!!
:) Tambem me pareçe uma história de amor!!!! :)

_+*A Elite / SweetRomanza*+_ disse...

tu viveste numa autentica republica nao é? estou ansiosa para ler o resto! tb nao consigo entrar em todos os blogs hj :(

BEIJOS a ti

Rute disse...

que maravilha para começar...
não vou sair daqui para ler mais e mais.
aguardo.
bjs

dixubo disse...

Bem, o post está o máximo! Isto promete! Não só gostei imenso de o ler como me deixaste o bichinho de querer MAAAAAIS!!!!! :))

Vou ler o próximo e já venho! ;)

xinhus

Nina disse...

Tb recordo com saudade os tempos de faculdade, porém agora sei que os deveria ter aproveitado melhor e não me ter dedicado a quem não me merecia. O tempo já não volta, há que recuperar o que ainda cá está:)
Vou ler o resto